Portugal marca presença forte na Arco Madrid - Portugal Acontece

ÚLTIMAS

Home Top Ad



Anuncie aqui para recuperar seu negócio!


Post Top Ad

Anuncie aqui

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Portugal marca presença forte na Arco Madrid

Doze galerias e muitos artistas portugueses, participam da Arco Madrid, o que levou Graça Fonseca, Ministra da Cultura a dizer que " é afirmação internacional da nossa arte e dos nossos artistas contemporâneos", após a sessão inaugural da  feira de arte pelos reis de Espanha, que teve lugar ontem em Madrid.

"
Cada ano, a Feira Internacional de Arte Contemporânea, ARCOmadrid, demonstra a sua vitalidade e o seu espírito vanguardista, ao destacar o melhor da produção artística contemporânea. A feira, uma das mais importantes a nível mundial, reúne os criadores mais inovadores e os mais reconhecidos especialistas do sector, e celebra agora o seu 38º aniversário, com o Peru como país convidado.

A edição de 2018 teve, em lugar de um país convidado, um tema central: o futuro, segundo as palavras do escritor Jorge Luís Borges, “El futuro no es lo que va a pasar, sino lo que vamArco os a hacer”. Falar do futuro em ARCOmadrid resulta tão estranho como produtivo, pela complexa natureza da história da nossa relação com o mundo da arte contemporânea. Um exercício que nos leva a debater sobre os pilares que sustentam a arte e a sociedade, como a economia, a natureza, a tecnologia, as questões de género, a privatização, a educação e a proteção da esfera cultural, entre outros temas.

Uma vez mais, a organização da feira aposta por continuar a alternar a investigação de conceitos como o Futuro, com a apresentação de países convidados. Este conceito concretiza-se através dos artistas e das galerias de arte selecionadas, e com a realização de jornadas que incluem apresentações, debates e conferências, dando assim visibilidade aos trabalhos que contribuem para nos aproximarmos desse futuro.

Para esta edição, o Peru é o país convidado, e a feira incluirá por isso uma seleção de galerias de arte peruanas, a cargo de Sharon Lerner, comissária de arte contemporânea do Museu de Arte de Lima, que nos oferecerá uma variada amostra da produção artística contemporânea do país. O colecionismo de arte contemporânea no Peru tem vindo a crescer significativamente durante a última década, e é evidente a qualidade dos artistas representados.

O programa paralelo inclui várias exposições em Madrid, comissariadas por Fietta Jarque, jornalista de arte e comissária independente, que oferecerão uma visão da cultura plástica do Peru, nas suas várias facetas.

Durante a feira decorrerá também um Foro de especialistas, com a participação de profissionais peruanos, que analisarão o panorama artístico do país, bem como a evolução do colecionismo, o comissariado e o papel da crítica especializada.

Como é habitual, a feira incluirá as seguintes secções: Programa Geral, que inclui as galerias selecionadas pelo Comité Organizador, o programa Diálogos, um dos três espaços de investigação da ARCOmadrid, e a secção Opening, dedicada às galerias com menos de sete anos de existência."
 Fonte: (esmadrid.com)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here