Moscovo 21 em exposição no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha em Coimbra - Portugal Acontece

ÚLTIMAS

Home Top Ad



Anuncie aqui para recuperar seu negócio!


Post Top Ad

Anuncie aqui

sábado, 26 de janeiro de 2019

Moscovo 21 em exposição no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha em Coimbra

O Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, inaugurou ontem em fim de tarde, a exposição de fotografias “Moscow XXI” de André Kuzer, a qual ficará em cartaz até dia 24 de fevereiro com entrada livre.
 As imagens da capital russa, captadas recentemente agradaram bastante a um considerável público seleto, que foi parabenizar o autor.

"Moscovo sempre se esforçou para ser a capital mais perfeitamente planeada do mundo. No entanto, a realidade é uma metrópole composta de planos urbanísticos sobrepostos que se expandem até ao infinito, em círculos concêntricos, o que lhe confere uma escala urbana difícil de equiparar.
Do seu coração, o Kremlin, até aos afastados e tranquilos blocos de apartamentos suburbanos; dos sofisticados arranha-céus em estilo gótico de Estaline, às torres que representam o Séc. XXI de autores internacionalmente reconhecidos; do construtivismo soviético dos meados do Séc. XX ao pós-modernismo arquitetónico dos anos 90, tudo está em harmonia e em conflito, tal como a mistura de culturas e estilos, entre Europa e Ásia da qual Moscovo é a maior representante.
A cidade é repleta de contrastes que são inesperados e por vezes causam estranheza. É uma cidade no limite e os moscovitas têm a capacidade de garantir que nunca se saiba o que acontecerá a seguir.
Em Moscovo tudo é possível, e “Moscow XXI” é uma mostra fotográfica dessa alma moscovita do Século XXI, extravagante, artística, contemporânea, mas que não se esquece das suas raízes rígidas e símbolos do passado que existem hoje, com o objetivo de construir uma imagem de cidade global mas original.
É por essa Moscovo que concorre por uma imagem de contemporaneidade, de igual para igual com qualquer outra metrópole mundial, que o autor procura e se revê, criando uma relação afetiva com a cidade.
André Kuzer é arquiteto, nascido em Coimbra, mas com formação realizada entre Lisboa e Madrid. Trabalhou em Genebra, Londres, St. Catarina (Brasil) e S. Paulo. Regressou há 5 anos a Portugal e tem desenvolvido atividade de arquitetura especialmente na zona centro, mas também para o estrangeiro.
No domínio da Fotografia fez a sua formação na Escola Maumaus – Artes Visuais. Nas suas inúmeras viagens pelo mundo recolheu um vasto espólio fotográfico do qual resultou a exposição “View in town” que esteve patente em Coimbra (2017) e Lisboa (2018). Antes tinha exposto, por convite, em Dumfries (Escócia) e Milão (Itália).
É atualmente docente universitário na área da imagem.
A atual mostra “Moscow XXI” resulta de uma bolsa que o autor desenvolveu em residência artística realizada no Verão passado com o apoio do Centro de Estudos Russos da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Embaixada da Federação Russa e da Fundação RUSSKI MIR.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here